Entenda o Universo…

Você olha todos os dias seu horóscopo, mas nunca entende o motivo de ele citar de Mercúrio a Plutão? Está na hora de entender a importância desses elementos na astrologia.

A astrologia surgiu com a necessidade do homem em interagir e prever o que acontecia ao seu redor, há cerca de 7 mil anos atrás. A partir de observações, foram notados que movimentos dos corpos celestes, como estrelas e planetas, influenciavam diretamente o comportamento dos ambientes. Seu principal objetivo é servir como guia de referencia a vários setores de nossas vidas para entendermos o que há ou não de favorável e, consequentemente, evitar problemas. Além disso, é uma importante ferramenta de autoconhecimento.

Mas no que os planetas são importantes? E as estrelas?

Bem, as estrelas só devem ser utilizadas quando próximas a outro planeta, ao Sol ou à Lua no mapa astrológico. Os planetas e elas são responsáveis por acrescentar características específicas ao comportamento e eventos na vida de determinada pessoa. Segue abaixo qual área cada astro influencia:

Sol – Realização pessoal, foco de interesse e vitalidade.
Lua – Conforto emocional e reações emocionais.
Mercúrio – Comunicação, intelecto, entendimento, o jeito de pensar.
Vênus – Interesses e arte.
Marte – Impulsividade, libido, agressividade, o jeito como a pessoa age e o que a irrita.
Júpiter – Crescimento, otimismo e proteção.
Saturno – Dificuldades, trabalho, responsabilidades e cobranças.
Urano – Originalidade, eventos inesperados, sustos, eletricidade e tecnologia.
Netuno – Ilusões, desilusões, drogas, mediunidade, música e tudo aquilo que não seja palpável.

Mesmo sem ser considerado planeta, Plutão mantém sua função na análise astrológica da mesma forma.

Plutão – Perdas, manipulação, sofrimento, sobrevivência a situações limite e poder.

Consultoria:
Célio Barros, astrólogo.
http://www.celiobarros.com.br/