As conchas de amamentação são aparelhos utilizados por de baixo do sutiã, na maioria da vezes de plástico, que servem para aliviar as constantes dores nos seios das mamães durante a amamentação

As conchas  são usadas também durante a gestação, pois contribuem para corrigir o mamilo invertido e ajudam na preparação dos seios para a amamentação.

Para utilizá-las é bem simples, basta introduzir o material por de baixo do sutiã e pronto. Se seu médico recomendou o uso antes da amamentação, o ideal é usá-lo por 3 horas diariamente, ou de acordo com determinação do especialista.

No mercado existem 4 tipos de conchas de amamentação, veja a seguir quais os tipos e os benefícios das conchas:

Base rígida – Para as mulheres que têm os seios invertidos ou curtos, essa é a ideal. Ela contribui para a correção do bico dos seios e evita as futuras dores no momento da amamentação.

Base flexível – São as conchas usadas já durante a amamentação. Elas possuem a função de coletar o leite vazado e proteger os seios que estão rachados por conta da fase da amamentação. Vale lembrar que o leite coletado não pode ser aproveitado para alimentar o bebê, ele deve ser descartado imediatamente.

Orifício grande – Estas servem para as mamães que possuem os bicos dos seios maiores. As conchas evitam que os seios fissurados encostem na roupa, assim ameniza a dor e mantém os mamilos arejados.

Orifício pequeno – Possuem a mesma função das conchas de orifício grande, porém possui o furo de ventilação em tamanho menor.

Alguns benefícios

– Auxilia na prevenção de rachaduras e contribui na cicatrização dos mamilos;

– Mantém os seios arejados;

– Evita o contato com o sutiã;

– O leite que vazado fica acondicionado dentro das conchas para amamentação, assim evita o desconforto de molhar a roupa da mulher;

– Corrige o formato dos mamilos para fins estéticos;

– É higiênico e esterilizável.