Definitivamente, o nome mentoplastia não dá nenhuma pista de qual parte do corpo pode ser aprimorada com essa técnica. Que é um tipo de cirurgia plástica, ela não deixa dúvidas, pois o sufixo é “plastia”, mas e mento, vem do quê?

Continue lendo que vamos acabar com a sua curiosidade.

O que é Mentoplastia?

A mentoplastia nada mais é do que a cirurgia plástica corretiva do tamanho e formato do queixo. Seu nome vem da palavra “mento”, que é sinônimo de queixo.

Ela é procurada, principalmente, por pessoas que querem aumentar o tamanho do queixo por ser muito pequeno ou pouco projetado. Além disso, é possível realizar a redução do queixo, caso ele seja muito projetado para frente.

Os cirurgiões plásticos observam que essa cirurgia devolve a autoestima do paciente por trazer harmonia em todo contorno facial. Isso porque, ela remodela a face de modo a deixá-la proporcional e com aspecto mais natural possível.

Mas para que isso seja possível, a análise do cirurgião é fundamental, pois a técnica adequará o formato do queixo com os outros traços do paciente. Antes de fazer o procedimento, é importante conversar com o médico sobre as expectativas da cirurgia e o que é possível esperar de uma forma realista.

É possível realizar a mentoplastia em associação à rinoplastia (cirurgia plástica do nariz) — neste caso, a técnica recebe o nome de perfiloplastia; ao lifting facial, ou ainda à lipoaspiração da papada (pescoço). Tais associações garantem resultados mais satisfatórios com relação à harmonização dos traços do rosto.

Mentoplastia para aumentar o queixo

 

A técnica aumenta o queixo pela inserção de um segmento ósseo retirado da mandíbula ou, então, de uma prótese — a depender da anatomia do paciente. O formato anatômico do queixo também faz com que existam diversos tipos e tamanhos de próteses, bem como de materiais diversos que podem ser implantadas. A experiência e capacitação do cirurgião farão com que ele faça a escolha adequada a cada paciente.

 

Mentoplastia para diminuir o queixo

 

No caso dos pacientes que possuem o mento avançado, a técnica cirúrgica consiste em eliminar o osso excedente responsável por tal projeção. Esse procedimento proporciona um recuo no queixo, harmonizando o desenho da face.

Como é feita a mentoplastia?

A mentoplastia é considerada uma cirurgia simples. O cirurgião plástico faz uma incisão intra-oral, ou seja, por dentro da boca, mais especificamente na região do lábio inferior ou na parte de baixo do queixo. A pele é deslocada para colocação da prótese ou da retirada do osso.

 

Os pontos serão todos internos e não precisarão ser retirados. Em geral, a mentoplastia é feita com anestesia local com sedação. Se não ocorrer nenhuma intercorrência, o paciente é liberado em poucas horas.

 

Como é o pré e o pós-operatório da mentoplastia?

 

Pré-operatório

Como qualquer outra cirurgia, respeite o período de jejum estipulado pelo médico ou equipe do hospital, comunique o médico sobre anormalidades em seu estado de saúde — que pode comprometer o procedimento — para que o mesmo seja remarcado.

Evite ingerir bebidas alcoólicas, fumar e comer alimentos gordurosos nos dias anteriores à cirurgia. Além disso, informe o médico sobre os medicamentos que você usa e siga as recomendações de uso dos mesmos no dia da cirurgia.

Pós-operatório

Após a cirurgia, é comum surgirem pequenos hematomas e edemas na área da operação, o que será eliminado com o passar dos dias. Se isso acontecer, use compressas de solução fisiológica fria no local.

Além disso, alimente-se normalmente e evite:

  • comidas fortes como carne de porco e chocolate;
  • expor-se ao sol e alterações climáticas;
  • movimentar excessivamente o local;

Além de todas as recomendações acima, retorne ao médico na data estipulada, pois é fundamental para que o resultado da mentoplastia seja satisfatório.