Para cada caso existe uma técnica específica para tratar a flacidez dos seios

A flacidez nas mamas pode ser em decorrência de vários fatores: envelhecimento natural, gravidez, efeito sanfona ou mesmo fatores genéticos. Com o avanço das técnicas de cirurgia plástica, quem se sente incomodada com a forma das mamas já conta com algumas opções para corrigir a flacidez. Uma delas é o implante de próteses de silicone. Além de aumentar o volume das mamas, também melhora o seu formato. Em alguns casos isso ajuda a corrigir a flacidez.

Quando o silicone pode ser um aliado

Quando o tamanho das mamas é um pouco menor do que a quantidade de pele e a flacidez não é muito acentuada, colocar uma prótese de silicone pode ajudar a preencher a mama e a esticar a pele que está flácida, melhorando o seu aspecto.

Outra condição na qual o silicone pode ajudar muito a melhorar os contornos é em casos em que há muita flacidez e muito excesso de pele. Em casos como esse, porém, somente a prótese de silicone não resolve por completo o problema. É preciso associar a mamoplastia de aumento a uma mastopexia, a plástica que levanta os seios. A quantidade de pele que será retirada na mastopexia será preenchida com a prótese, deixando um resultado bastante natural.