Conheça a história de Iracema de Souza Gouveia Grosso, que ganhou vida nova depois de conhecer as a cirurgia plástica com plano facilitado da Master Health

“Família e amigas sempre passam a mão na nossa cabeça, dizem que estamos gordinhas, mas que está tudo bem. Quando quis fazer uma lipo e o médico falou que plástica não tira obesidade, chorei muito, mas foi o empurrão necessário para eu decidir me cuidar”. Com essa declaração, Iracema de Souza Gouveia Grosso, 46 anos, moradora de São Bernardo do Campo (grande São Paulo), casada e mãe de dois filhos adultos (23 e 24 anos de idade), define como começou a mudança mais radical de sua vida – a de seu corpo.

Começo de tudo
Tudo começou quando a namorada de um de seus filhos fez uma plástica com plano facilitado da Master Health. Vendo o ótimo resultado, Iracema resolveu fazer uma lipoescultura.
Só que, com 1,57m de altura, na época ela pesava 80kg. O médico da avaliação inicial falou que ela precisava perder aproximadamente 15kg antes de pensar em cirurgia. “A honestidade do médico me comoveu. Não tive dúvida: logo fui ao endocrinologista, decidida a mudar meu corpo. Isso foi em outubro, e em janeiro eu já havia perdido 12kg”, diz a dona-de-casa.
Em maio, quando voltou à Master Health, estava pesando 66kg, ou seja, 14kg a menos do que na primeira consulta.A consulta, então, foi ótima, como ela conta: “Eu já estava em condições de fazer a lipoescultura que tanto queria. E, como meus seios haviam diminuído bastante, o médico sugeriu que eu colocasse próteses de 240 ml neles. Confiei e fiz.” A lipoescultura preencheu o quadril e o resultado foi fantástico.Iracema, que foi secretária de uma grande empresa por 15 anos e parou de trabalhar para cuidar dos filhos, diz que estava entrando em depressão. “Os meninos já estão crescidos e meu marido trabalha muito.
Autoestima
Minha autoestima tinha acabado, eu só usava calça larga e blusão. Não é exagero dizer que as cirurgias mudaram minha vida”, revela. Vaidosa, atualmente ela vai três vezes por semana à clínica Beauty Care (às 2as., 4as. e 6as.) para fazer esclerose de vasos, endermoterapia e drenagem linfática. “Graças a esses tratamentos, saio mais de casa. A clínica tornou-se meu segundo lar e lá sou amiga de todos”, diz.
Fez também retoque nas sobrancelhas e considerou o resultado fantástico. Até suas roupas mudaram. Hoje, usa e abusa de blusinhas.Para quem quer, assim como ela, mudar de corpo e de vida, Iracema deixa algumas dicas.
O primeiro é sempre se olhar no espelho e ter consciência de como o corpo está, pois assim é bem mais fácil saber o que precisa ser mudado.
O segundo é levar o período de recuperação a sério (“Usar a cinta e o sutiã pelo tempo certo é imprescindível”, aconselha).
Com isso em mente, se você também quer mudar seu corpo e sua vida, não deixe para depois. Como uma mulher do século 21, você tem o direito de ter o corpo que mais lhe agrada, não é verdade? Sua felicidade não pode esperar.