Ele é um velho conhecido da medicina estética

Utilizado desde a década de 60, sempre se mostrou eficiente, porém oferecia muitos efeitos colaterais. Agora, voltou repaginado através das marcas Neomaster e Multipeel.

As novas formulações prometem grande eficácia dos compostos fenólicos na regeneração da pele e uma aplicação indolor, sem necessidade de anestesia ou internação.

Hoje existem peelings de fenol com potências diferentes, que são aplicados conforme o caso. O procedimento deve ser realizado apenas por um médico dermatologista, capacitado para fazer a indicação correta.

Tratamentos profundos requerem até um mês para a plena recuperação e os mais suaves levam uma semana para o restabelecimento. Em pouco tempo aparece o resultado: uma pele renovada e viçosa, livre de marcas.

O peeling de fenol é indicado para todo o tipo de pele e exige restrição ao sol por dois meses, um pequeno sacrifício que, com certeza, vale a pena.

CLIQUE AQUI !