Saiba mais sobre o procedimento que irá acabar com a flacidez pós-bariátrica 

A quantidade de pessoas com obesidade vem crescendo e a cirurgia bariátrica se apresenta como uma solução no tratamento de pacientes com excesso de peso. Também conhecida como gastroplastia, a técnica tem como objetivo diminuir o peso do paciente, reduzindo o estômago.

Após essa cirurgia, o excesso de pele é muito comum, trazendo um aspecto flácido para a região da barriga. Um procedimento reparador para esse caso é a abdominoplastia. 

A cirurgia

A abdominoplastia é a cirurgia plástica utilizada para retirar o excesso de pele de determinada região. No caso dos pacientes que realizaram a bariátrica, a retirada é feita na área do abdômen, diminuindo a flacidez e trazendo o aspecto de “barriga durinha”.

Quando fazer?

Geralmente, a abdominoplastia pode ser realizada depois de 1 ano e meio de redução de estômago, desde que a pessoa esteja com o peso equilibrado e estabilizado, sem emagrecer ou engordar. Lembre-se que cada um possui suas particularidades e características no organismo, portanto é de extrema importância consultar um médico cirurgião.

Pós-operatório da abdominoplastia

O resultado oficial de uma abdominoplastia aparece após seis meses. Em casos de pacientes obesos, após a primeira semana pode ocorrer a eliminação de um líquido amarelado por alguns pontos da cicatriz devido à eliminação da gordura residual próxima à área da cicatriz, isso é um acontecimento já esperado por profissionais. Mas não há necessidade de preocupação, pois há como controlar.