A estética da área externa da região íntima feminina apresenta particularidades que podem colaborar para aumentar ou diminuir a autoestima da mulher durante a relação sexual com o seu parceiro.

A hipertrofia (aumento) dos pequenos lábios, por exemplo, é, provavelmente a maior causa de procura pela cirurgia íntima ou ninfoplastia, ou ainda labioplastia.

Abaixo, damos mais detalhes sobre a cirurgia íntima que traz de volta a autoestima das mulheres durante o contato íntimo com o parceiro.

O que são pequenos lábios vaginais?

Na anatomia feminina, os pequenos lábios ficam na área interna dos lábios maiores, conhecidos como grandes lábios. Eles se estendem desde o clitóris até na região abaixo da vagina, circundando tanto a uretra quanto o canal vaginal.

Os pequenos lábios apresentam grandes variações, sempre de acordo com cada corpo. Eles protegem a entrada vaginal, ajudando a prevenir as infecções bacterianas e ainda auxiliam na lubrificação do local, tão importante durante a hora do namoro com o parceiro.

O que é hipertrofia dos pequenos lábios?

A hipertrofia labial é dada pelo aumento do tamanho dessa região. O problema pode ser causados por fatores genéticos, certos distúrbios ou pelo uso de certas drogas, anabolizantes e alguns tipos de medicamentos, como os hormonais, por exemplo.

Muitas vezes, esses lábios podem ser tão grandes que extravasam a área externa para fora dos grandes lábios podendo serem vistos, inclusive, quando a mulher está com as pernas fechadas.

Algumas mulheres que apresentam essa característica podem se sentir muito inseguras no momento da relação íntima, impedindo que elas curtam o momento ao máximo, devido ao extremo constrangimento.

O procedimento é considerado simples e, em geral, requer somente o uso de anestesia local e sedação para remodelar a região, deixando-a como a paciente deseja.

Como a cirurgia íntima pode ajudar essas mulheres?

O objetivo da ninfoplastia é modificar não apenas o tamanho como também o formato dos pequenos e dos grandes lábios vaginais também (se for esse o caso). Essa alteração visa oferecer a satisfação estética e a saúde às mulheres que se sentem incomodadas com a aparência da região mais íntima de seu corpo.

Com relação à saúde da candidata à cirurgia íntima, várias questões podem ser resolvidas como:

  • Desconforto ao usar determinadas roupas por deixar a região muito marcada ou causar dores devido ao aperto da região contra a roupa;
  • Dores e incômodos ao praticar certos esportes devido ao contato (atrito) com a área, como andar de bicicleta, por exemplo;
  • Infecções bacterianas ou por fungos, como a candidíase, por exemplo.

Como é o pós-operatório da ninfoplastia?

Uma excelente notícia a respeito da cirurgia íntima, é que o pós-operatório costuma ser bem tranquilo. É possível que nos primeiros dias haja um certo inchaço e alguma sensibilidade na região.

Mas esses são incômodos que são resolvidos ao usar analgésicos. Já as relações sexuais podem ser retomadas após 30 dias do procedimento ou segundo for orientado pelo cirurgião plástico.

Se você ainda ficou com dúvidas a respeito da cirurgia íntima, na Master Health há sempre um profissional apto a responder suas dúvidas sobre ninfoplastia ou outros tipos de cirurgia plástica íntima.