Conheça mais sobre os procedimentos queridinhos do verão! A gluteoplastia e lifting de glúteos podem melhorar o contorno e volume do bumbum. Descubra qual é ideal para você.

O bumbum redondinho e empinado para trás, é um dos maiores desejos femininos quando falamos de corpo. E, apesar de sempre ouvirmos falar sobre o aclamado “bumbum brasileiro”, nem sempre você deve ter nascido com essa parte do corpo do modo que sonhamos, o que pode levar alguns homens e mulheres a recorrerem a procedimentos cirúrgicos, tais como coloca a prótese na gluteoplastia ou o lifting de glúteos para dar uma turbinada na região.

Fatores genéticos agem (e muito) sobre os bumbuns. Algumas mulheres têm quadril mais largo e bumbum avantajado, enquanto outras têm bumbuns menores; alguns são mais arredondados, outros têm mais celulite (afinal, todo mundo tem celulite e isso é normal!) e flacidez – é assim mesmo. Mas caso algo esteja te incomodando nele, recorra às mudanças alimentares, aos treinos específicos e procedimento plásticos para deixá-lo do jeito que deseja.

Gluteoplastia e Lifting de Glúteos possuem o mesmo objetivo, o de promover uma melhora no aspecto estético, mas elas tem diferenças e cada uma é indicada a um perfil de paciente. Descubra a seguir as diferenças entre a gluteoplastia e o lifting de glúteos!

A gluteoplastia

Assim como é realizada uma mamoplastia de aumento, que é a inserção de próteses de silicone nas mamas, na gluteoplastia também é implantada uma prótese de silicone, porém, na região dos glúteos. Nesta cirurgia plástica é possível escolher, junto ao médico, o formato e o volume a ser implantado na região para que você tenha os resultados que sempre sonhou!

O pós-operatório do procedimento consiste em evitar uma movimentação excessiva da região, usar compressas frias, manter uma alimentação equilibrada, evitar alterações climáticas e exposição à luz solar e seguir rigorosamente às orientações passadas pelo seu cirurgião plástico.

Como é realizado o processo da gluteoplastia

Atualmente apenas duas técnicas são realizadas para aumentar o volume nesta região: através de próteses de silicone ou de enxerto de gordura do próprio paciente. Ambas são extremamente seguras – se for realizadas por uma equipe médica qualificada, com um cirurgião plástico credenciado pela Sociedade Brasileira da Cirurgia Plástica (SBCP), mas possuem suas diferenças.

Implante de próteses de silicone: neste tipo de gluteoplastia, uma incisão (corte) é realizado no sulco vertical natural do corpo, que existe entre as nádegas, para introdução das próteses. A escolha delas varia de acordo com o corpo do paciente e a decisão deve ser tomada em conjunto pelo paciente e o cirurgião plástico. O silicone confere um formato mais arredondado às nádegas.

Enxerto de gordura: este tipo de gluteoplastia é associado a uma lipoaspiração. Dessa forma, a gordura (da barriga ou das pernas, por exemplo) é extraída de uma parte do corpo e reposicionada na região dos glúteos.

A escolha de qual técnica será utilizada na sua gluteoplastia de aumento deve ser tomada em conjunto com o cirurgião plástico, alinhando: expectativas, tipo de corpo, resultados de exames, dentre outras considerações.

O que a gluteoplastia não substitui?

A resposta é um exercício físico, um bom programa desenvolvido, onde o paciente deve buscar com o tempo, o endurecimento dos músculos. É comum que pacientes busquem algumas cirurgias plásticas, especialmente em locais como abdome e glúteos, com o objetivo de melhorar esteticamente a região rapidamente, sem “perder tempo” com musculação ou outras atividades físicas.

A gluteoplastia é um destes procedimentos, mas ela não substitui uma rotina de exercícios. Com a prática, inclusive, é feita a manutenção dos resultados após a cirurgia plástica.

Lifting de glúteos

Já para quem está satisfeito com o tamanho do bumbum, mas gostaria que ele fosse mais empinado, o lifting de glúteos pode ser a solução que você tanto sonhava.

Seja por um grande emagrecimento, genética ou pelo uso inadequado de vestimentas, os glúteos podem criar um excesso de pele e flacidez, resultando em um bumbum mais caído. O lifting de glúteos vem com o objetivo de levantar a região glútea sem, necessariamente, aumentar o volume da região.

Como é realizado o processo de lifting de glúteos

No lifting de glúteos as incisões serão feitas na parte de trás do corpo superiormente ao nível do biquíni. Resseca-se e “puxa-se” para cima o excesso de pele e tecido gorduroso e a cicatriz fica no nível da incisão. Algumas vezes, apenas um implante de glúteo ou lipoenxertia de gordura podem ajudar para “levantar o bumbum”.

Para melhores resultados, o procedimento de lifting de glúteos pode ser feito em conjunto com uma lipoaspiração, plástica de coxa e abdominoplastia numa cirurgia única chamada de lower body lift. O lifting pode ser feito com anestesia geral ou local com sedação.

O que o lifting de glúteos não substitui?

Assim como a Gluteoplastia, o lifting não substitui os exercícios físicos. Pelo fato de não eliminar a gordura é necessário realizar um programa de exercícios pensado no glúteos. Isso é importante para a manutenção do lifting de glúteos, trabalhando para o endurecimento dos músculos.  Lipoaspirações e lifting de coxas são outras possíveis indicações para que o efeito continue por mais tempo.

Mas e ai, qual é o melhor?

Quando o assunto é cirurgia plástica e um procedimento que vai intervir no corpo, não se existe um melhor ou pior. Mas sim, o que é melhor para você, o seu corpo e o que trará o resultado que tanto procura.

Além disso, a equipe da Clínica Master Health, deixa muito claro que uma conversa sincera com o seu cirurgião plástico é necessário, pois somente assim, será possível encontrar de fato qual é o melhor procedimento, analisando as condições que o seu corpo e até mesmo do seu estilo de vida, afinal, quando o assunto é cirurgia plástica é necessário um grande planejamento.

Você está preparada para encontrar os seu bumbum dos sonhos? Mande suas dúvidas sobre cirurgia plástica para a Fique Linda, nós vamos responder os questionamentos e te ajudar nesta fase da sua vida!

SOS Cirurgia Plástica

Mande um e-mail para redacao@fiquelinda.com.br com sua dúvida sobre cirurgia plástica. Ah não se esqueça que o assunto do e-mail tem que ser: SOS CIRURGIA PLÁSTICA!