Saber planejar o momento ideal para a plástica é fundamental para um pós-operatório tranquilo; Veja algumas dicas de especialistas

A estação mais quente do ano chegou, e quem percebeu que não está entrando bem no biquíni ou nas roupas mais curtas agora pensa no que fazer para perder medidas ou lidar com aquelas imperfeições que tanto incomodam. Nesse momento, a vontade de fazer uma cirurgia plástica ou algum tratamento estético passa a ser maior. Mas é preciso estar atento a alguns detalhes do planejamento que podem fazer toda a diferença. Afinal, fazer a plástica no fim do ano é uma boa ideia?

O Fique Linda ouviu a equipe de médicos da clínica Master Health e trazemos algumas dicas para você que está considerando fazer uma cirurgia plástica nessa época do ano. Vem ver quais são as recomendações:

1 – Um bom planejamento

Não importa a época do ano, é preciso se planejar. Não adianta querer resolver todas as etapas em menos de um mês e colocar em risco a sua saúde e bem-estar. Para quem escolheu o mês de dezembro para fazer uma plástica, a dica dos médicos é fazer o procedimento logo nos primeiros quinze dias do mês. Dessa forma, você garante que estará pronta para comemorar as festas de fim de ano. É claro que ainda existirão restrições, principalmente alimentares. Você já conseguirá, porém, estar na companhia da família de forma mais confortável.

2 – Nada de sol!

Aqui, mais uma vez, o planejamento é fundamental. Se a sua família sempre faz uma viagem no final do ano, é bom ponderar se você está disposta a abrir mão dos dias de sol na praia ou piscina. Afinal, será preciso se dedicar a todos os cuidados que uma plástica requer.

3 – Escolha bem o seu cirurgião plástico

Essa é uma das primeiras etapas, e uma das mais importantes. Pesquise, busque referências e assegure-se de que o cirurgião plástico é membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica. É possível fazer a consulta neste site.

4 – Tenha alguém disposto a te ajudar

O pós-operatório de algumas cirurgias plásticas requer cuidados especiais.  Há ainda a limitação de movimentos e até a necessidade de completo repouso. Por isso, é essencial ter alguém, seja amigo ou familiar, para ajudar nesse período. Como o final do ano costuma ser de agenda cheia para todos, é bom se assegurar de que terá alguém para te ajudar nesse momento.