Levantamento da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica mostra as causas mais comuns que levam pessoas a remover as tatuagens

Está cada vez mais fácil fazer uma tatuagem, com a grande oferta de estúdios especializados. Mas, tão fácil quanto fazer é enjoar do desenho escolhido, conforme aponta uma pesquisa realizada no final de 2014 pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP).

A pesquisa aponta que o principal motivo que leva as pessoas a procurarem técnicas de remoção da tatuagem é justamente ter enjoado do desenho. O conservadorismo da sociedade brasileira também se mostrou como um dos grandes motivos, pois 36% dos cirurgiões plásticos entrevistados relataram que seus pacientes desistiram de ter a tatuagem porque tinham dificuldades em conseguir emprego.

A pesquisa da SBCP entrevistou 378 cirurgiões plásticos do estado de São Paulo, e desse total, 37% já haviam feito algum procedimento de remoção de tatuagem.

Confira os principais motivos elencados para remoção da tatuagem:

  1. Enjoou da tatuagem (54%)
  2. Dificuldade em conseguir emprego (36%)
  3. Retirar nome de ex-namorado (a) (12%)
  4. Mudança de religião (5%)
  5. Tatuagem mal feita (4%)
  6. Por ser vítima de preconceito (4%)
  7. Mudança de estilo de vida (1%)
  8. Alergia ao pigmento (1%)
  9. Acidente que deixou a tatuagem desfigurada (1%)
  10. Formou queloide (1%)