Após toda a repercussão sobre a morte de Caroline de Souza Carneiro, que foi encontrada morta após fazer um aborto numa clínica clandestina na Zona Norte do Rio, o suposto namorado da mulher resolveu dar a cara a tapa.

Versão do namorado sobre o aborto

Fernando de Abreu Lima, de 26 anos, disse que “desde o primeiro momento, a vítima quis abortar”. No depoimento, ele ainda afirma que sempre foi “contrário ao procedimento”, que “não participou da escolha da clínica” e que “não perguntou e não quis saber como a vítima conseguiu dinheiro” para pagar pela cirurgia. Ele ainda negou que tinha um relacionamento fixo com Caroline e que sequer conhecia a família da jovem.

Em contradição, a família da jovem afirma que o relacionamento dos dois já durava um ano e meio e que a única pessoa que sabia da gravidez era Fernando. Foi ele quem alertou a família sobre o desaparecimento da jovem, no dia seguinte ao aborto.

E aí, em quem vocês acreditam?