Fique atenta aos agentes tóxicos, eles podem trazer risco à saúde se as garrafas de plástico forem reutilizadas ou expostas ao sol

Beber água é uma das coisas mais importantes na nossa vida. E isso nos faz buscar alternativas mais práticas para adicionar esse hábito à nossa rotina, como, por exemplo, a garrafinha de plástico, que muitas vezes é reutilizada por seus consumidores. Nesse post iremos alertá-los sobre o perigo desse costume:

Perigo microbiológico

Ao ficar vazia, uma garrafa de plástico acumula muitos fungos ou bactérias. E quando a enchemos de novo com água, esses elementos acabam indo para o nosso organismo. Além disso, com o tempo os elementos nocivos da PET (como o antimônio, que aumenta as chances de câncer e problemas respiratórios) se desprendem do plástico e atingem o líquido com mais facilidade.

Exposição da garrafa de água ao sol

As garrafinhas possuem compostos chamados de formaldeído e acetaldeído. Eles fazem com que a água tenha aquele famoso “sabor de plástico”. Ao expor o recipiente ao sol e altas temperaturas, essas partículas se desprendem, podendo causar indigestão. Ninguém gosta de sentir gosto ruim na água, né?

Alternativas saudáveis

Para ficar livre dos riscos, a recomendação é investir em recipientes de vidro, filtros e jarras. Para quem quer se manter hidratado ao longo do dia, a dica é adquirir uma garrafinha específica para esse uso, como as squeezes.