Escolher o seu cirurgião plástico parece uma tarefa simples, no entanto, você deve se atentar a alguns detalhes antes de escolher qual o médico que realizará o seu procedimento

Dicas na hora de escolher o seu cirurgião plástico

Tome cuidado com as empresas intermediadoras

Para realizar a sua cirurgia plástica com tranquilidade e segurança, você deve buscar por empresas que não sejam intermediadoras repletas de pagamentos fáceis demais, como aquelas que parcelam em até 40 vezes, por exemplo.
Estas empresas chamadas de intermediadoras consistem numa relação única entre o paciente e a pessoa do atendimento, não tendo qualquer contato com o médico que irá realizar a cirurgia.

Verifique se seu médico é cadastrado no site da SBCP

Seu médico disse que é especialista em cirurgia plástica? Verifique! Muitos profissionais da área médica se dizem especialistas, que é o título que valida a habilitação do médico como um bom profissional, no entanto, para verificar se é verídico ou não, você deve acessar ao site da SBCP (Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica) e consultar o nome do cirurgião.

Realizar uma cirurgia plástica com um profissional não especializado na área expõe o paciente ao risco de morte ou ao risco de ficar com sequelas graves. Alguns problemas de cirurgias plásticas realizadas por estes médicos são: paralisia facial, má cicatrização e maus resultados.

De acordo com o Cremesp, de janeiro de 2001 a julho de 2008, 48% dos processos motivados por cirurgias plásticas não tinham nenhuma especialidade médica, 49,5% eram de outras especialidades não relacionadas à cirurgia plástica e 2,1% eram cirurgiões plásticos.

Infelizmente, a legislação brasileira permite que médicos não especialistas atuem na área de cirurgia plástica, por isso, previna-se e, antes de escolher o seu cirurgião, pesquise sobre o médico, afinal, é dele que depende os resultados da sua cirurgia plástica.