Pequenas mudanças no seu cotidiano irão te ajudar a reduzir a quantidade de Sal ingerida, prevenindo a hipertensão, inchaço e o aumento de peso

O sal é o principal ingrediente utilizado para dar textura e conservação aos alimentos. E, por isso, pode ser encontrado até mesmo nos produtos doces. O que pouca gente não considera é que a sua ingestão em excesso pode fazer mal à saúde. Ele pode causar hipertensão, problemas renais, inchaço na pele, aumento de peso e até mesmo propiciar o aparecimento de câncer.

Quantidade necessária

A OMS (Organização Mundial de Saúde) recomenda que o consumo diário de sal não ultrapasse o equivalente a uma colher de chá (5g de sal de cozinha) ou 2000 mg.

Como regular

  • Tenha um controle do quanto você está ingerindo em cada alimento, identificando na informação nutricional, a quantidade de sódio do produto e a multiplicando por 2,5;
  • Sal não é o único “tempero” que você pode utilizar: Aposte em pimenta, cebola e alho para dar um delicioso sabor às suas receitas;
  • Opte pelo Sal Marinho, ele possui uma quantidade maior de nutrientes em sua composição, já que não passa pelo processo de refinamento.
  • Mantenha distância dos produtos industrializados (principalmente os congelados!), eles possuem uma taxa elevada de sódio, utilizada para potencializar a conservação.
  • Atente-se às versões light: Quando a quantidade de gordura ou de açúcar é reduzida, o sódio entra como substituto para garantir consistência e textura.
  • Crie o hábito de ler os rótulos das embalagens, preferindo sempre consumir os com menores quantidades do mineral.