Se o incômodo com as varizes sempre foi algo que te acompanhou, saiba que há solução. Conheça a escleroterapia, o tratamento eficaz contra as varizes.

Também conhecida como “aplicação” ou “secagem de vasinhos”, a escleroterapia injeta uma solução direto na veia que faz com que ela colapse e feche, forçando o sangue a se redirecionar para uma veia saudável.

Existem também outros modos de realizar uma escleroterapia, como à Laser, que, ao direcionar a luz, faz com que aumente a temperatura da veia e feche o vaso.

O resultado da escleroterapia consiste no tratamento das varizes, que tendem a sumir no decorrer das semanas após o procedimento. Em casos extremos, podem ser necessárias mais sessões para o desaparecimento completo das varizes.

Além disso, com o fechamento das varizes, além da melhora dos aspectos da pele, o tratamento também melhora os sintomas da doença, como dor, inchaço, ardência e câimbras.

A técnica escolhida pode ser por injeções, espuma ou laser, e apenas após uma avaliação realizada por um cirurgião, é que você poderá saber qual o tratamento mais indicado para você.

Veja também: Previna-se das varizes

O procedimento, geralmente, é realizado no próprio consultório médico e não necessita de anestesia, podendo levar de 15 a 30 minutos para ser concluída.

O número de aplicações necessárias para o tratamento por completo é variável conforme a quantidade e tamanho das veias a serem tratadas. O intervalo mínimo entre as sessões deve ser de 15 dias e, após o tratamento, não é necessário repouso, podendo retornar ao trabalho logo em seguida.

Alguns cuidados podem variar de acordo com a técnica escolhida para tratar as varizes, e somente o cirurgião poderá avaliar o tempo ideal para retomar as atividades físicas, exposições solares, uso de meias compressivas, cremes ou uso de remédios.

Com o tempo, novos vasinhos podem aparecer, afinal, a escleroterapia trata o sintoma, que é o aspecto das varizes, e não a doença.