O vírus HPV é responsável por 95% dos casos de tumor de colo uterino. A boa notícia é que ele pode ser derrotado com uma simples combinação de laranja e mamão

De um lado os alimentos que contém vitamina C: acerola, caju, goiaba, kiwi, couve, morango, agrião. Do outro, fontes de carotenóides – ingredientes antioxidantes – como a cenoura, a abóbora, a manga, a goiaba, o tomate, o espinafre. A combinação dessas duas seleções fica por sua conta e imaginação. O que importa é que a dupla vitamina C + carotenóides ajuda a prevenir o papilomavírus humano, também conhecido como HPV. Esse microorganismo, transmitido sexualmente, é o principal responsável por cerca de 95% dos casos de tumor de colo uterino.

O Grupo de Virologia do Instituto Ludwig de Pesquisa sobre o Câncer, em São Paulo, realizou um estudo com mais de 2 mil mulheres, entre pessoas saudáveis, vítimas e ex-vítimas da infecção. Os cientistas constataram que as consumidoras mais freqüentes de mamão e laranja tinham menos chance de sofrer com o aparecimento das verrugas genitais causadas pelo HPV.

A ação antioxidante dos carotenóides presentes no mamão e o reforço da vitamina C da laranja para o sistema de defesa do nosso organismo são as prováveis causas dessa “imunização”. Quando a paciente está com suas defesas fortalecidas o vírus acaba sendo destruído pelo próprio organismo. Mas quando a resistência baixa, o invasor fica livre para disparar o processo cancerígeno.

Para aproveitar todo o potencial antioxidante do mamão deve-se consumi-lo fresco. Já a laranja deve ser ingerida logo após ser descascada, pois a vitamina C perde-se ao entrar em contato com o ar.