A mamoplastia redutora é o sonho de diversas mulheres que se sentem incomodadas com o tamanho dos seios, mas você sabe a partir de qual idade ela pode ser realizada?

Com a transição da menina que começa a tomar forma de mulher, os seios começam a aumentar e muitas acabam sentindo-se incomodadas com o volume excessivo da região.

Assim, muitas vezes, acabam buscando alternativas cirúrgicas para eliminar de vez o desconforto.

A técnica da Mamoplastia Redutora

Os seios realçam a feminilidade e, quando apresentam algum traço que incomode a mulher, podem causar um abalo na autoestima.

Por isso, algumas recorrem aos procedimentos como a mamoplastia redutora, que elimina não apenas o excesso de volume da mama, mas também a ptose, que é o que as deixa com um aspecto caído.

Além do desconforto estético, o excesso do volume das mamas pode causar problemas físicos, como as dores de coluna, por exemplo.

A cirurgia plástica de redução das mamas é realizada com anestesia local e sedação, começando com uma incisão feita ao redor da aréola e outra no sulco mamário, que retira o excesso de volume da região.

O resultado dos novos seios da paciente estarão no volume mais equilibrado com seu contorno corporal, além de uma significativa melhora na consistência e no formato das mamas.

Idade para sua realização

A mamoplastia redutora pode ser feita após o desenvolvimento total das mamas, que se dá por volta dos 15 anos de idade, podendo variar de paciente para paciente.

Esta acaba sendo uma cirurgia plástica muito procurada pelas adolescentes. Afinal, é quando começamos a nos preocupar mais com o corpo e, na maior parte dos exercícios aeróbicos, os seios fartos acabam incomodando, podendo causar até mesmo constrangimentos.

O que você achou sobre esta postagem? Deixe seu comentário!

Descubra também as dúvidas mais frequentes sobre a mamoplastia redutora.