Conheça quais são os tratamentos e plásticas que mantêm a aparência sempre jovem e bela dos lábios

Com o passar dos anos, os sinais de envelhecimento vão surgindo em todo o nosso corpo. E na maioria das vezes o envelhecimento facial é um dos primeiros a ser notado. As primeiras linhas finas, rugas e os sinais de perda de firmeza vão surgindo. E engana-se quem pensa que isso ocorre apenas na terceira idade. Pessoas que têm por volta dos 30 anos já podem apresentar tudo isso, pois o nosso corpo começa o processo de envelhecimento a partir dos 25 anos.

Uma das partes da nossa face que é muito suscetível aos sinais da idade são os lábios, e a cirurgia plástica e os procedimentos estéticos já contam com as mais variadas técnicas para mantê-los sempre jovens e bonitos. Conversamos com os profissionais da clínica Master Health, e eles nos contaram quais são os tratamentos mais indicados em cada idade. Confira:

Na faixa dos 30 anos

Nessa fase aparecem os primeiros sinais de envelhecimento, e nesse momento os preenchimentos com ácido hialurônico são bastante eficazes para recuperar o volume e os contornos. Com ele, a perda de colágeno, natural com a passagem dos anos, pode ser reparada.

A partir dos 40 anos

Nessa fase da vida as rugas começam a aparecer de forma mais profunda. A flacidez também se acentua, comprometendo, muitas vezes, até o efeito da maquiagem. Está na hora de investir em preenchimentos para corrigir as rugas e dar volume. E também é a hora dos procedimentos para levantar os cantos dos lábios.

Para quem já passou dos 50

A partir dessa idade, a queda dos tecidos da face pode afetar todo o terço médio do rosto. Isso alarga o espaço entre o nariz e os lábios. O volume também fica ainda mais comprometido. Pequenos procedimentos de correção cirúrgica aliados a preenchimentos com toxina botulínica ou mesmo com a própria gordura do paciente podem ser boas alternativas nessa fase.

Após os 60 anos

Aqui é preciso restaurar os contornos e harmonizar os volumes do lábio e da face. Para isso, será preciso uma avaliação criteriosa para que os procedimentos garantam um efeito bem natural. Preenchimentos e possíveis intervenções cirúrgicas para levantar os contornos, como o lifting inferior podem ser indicados, de acordo com o grau de envelhecimento da pele.