Mesmo saindo um pouco mais caro que os convencionais, os alimentos sem aditivos químicos estão ganhando a mesa dos brasileiros. Confira na matéria!

Exposto na gôndola do supermercado, o alimento orgânico é muito parecido com qualquer outro. Não fosse pelo preço – o alimento convencional é mais barato – seria difícil para você ou qualquer consumidor identificar as diferenças. Porém, a quantidade de nutrientes encontrada no alimento orgânico é muito superior a existente nos convencionais. E o que faz toda a diferença é o modo como eles são cultivados.

Para começar, o adubo utilizado nos alimentos convencionais possui agrotóxicos e aditivos químicos. Já os orgânicos são fertilizados com uma mistura de casca de ovo, casca de banana, ervas capinadas e frutas que passaram do ponto. Tudo natural. As mudas também são cultivadas sem qualquer química e o resultado é um alimento muito mais saudável.

Análises de laboratório comprovam que os vegetais produzidos organicamente chegam a ter cinco vezes mais proteínas e vitaminas do que os que nascem em solos fertilizados quimicamente. Em se tratando de nutrientes, os alimentos orgânicos estão muito à frente da concorrência. Eles contêm, em média, 60% mais zinco, 65% mais cálcio, 73% mais ferro, 91% mais fósforo, 118% mais magnésio e 125% mais potássio.

Cada vez mais o consumidor leva em conta esses benefícios na hora de decidir qual alimento irá comprar, e parece disposto a pagar mais caro para ter à mesa produtos livres de poluentes. O mercado já percebeu essa tendência e está investindo para atender melhor a esse público que não para de crescer. Hoje é possível encontrar alimentos orgânicos em feiras, sacolões e supermercados e a variedade desses produtos já é bem grande.

Veja a lista:

  • açúcar branco e mascavo;
  • arroz, barras de cereais;
  • bolos;
  • cacau;
  • café torrado e moído;
  • carne bovina;
  • castanha de caju;
  • erva-mate;
  • farinha de trigo;
  • fubá e mandioca;
  • feijão;
  • frango;
  • frutas frescas e secas;
  • guaraná;
  • hortaliças;
  • legumes;
  • leite;
  • massa de tomate;
  • mel;
  • óleo de palmito;
  • pães;
  • pizza de rúcula;
  • escarola e mussarela;
  • queijo;
  • soja;
  • sucos de fruta;
  • verduras;
  • vinhos.

Aproveite a nossa lista e vá às compras! Abasteça sua despensa com produtos orgânicos e garanta uma alimentação saudável para você e sua família.