A evolução das makes: confira como a maquiagem da brasileira mudou nos últimos temposA evolução das makes: confira como a maquiagem da brasileira mudou nos últimos tempos

Para falar do mercado de maquiagem no Brasil é claro que precisamos analisar muitos fatores, como a história, cultura, sociedade, economia e mídia. Somos o terceiro maior mercado global de beleza e higiene pessoal, mas você sabia que quando o assunto é maquiagem, apenas metade das mulheres brasileiras a usam diariamente?

O mercado das makes oferece cada vez mais opções e então com isso, a evolução é constante. Marcas nacionais não param de surgir e as que existem não param de inovar. Além disso, nossas fronteiras estão sempre abertas para produtos importados e novas tecnologias.

Nossa história

Historicamente é possível pensar no desenvolvimento do segmento nos últimos 30 anos. No período da ditadura militar (1964 – 1985) nossas fronteiras foram fechadas para produtos de maquiagem importados (bem como para todos os outros setores da indústria). Apesar do fim da ditadura, foi só a partir do governo de Fernando Collor (1990), que o Brasil se abriu para as importações e a indústria de beleza, como o conhecemos hoje, deu os primeiros passos.

Com uma indústria nacional de maquiagem quase nula e tantos anos “atrás” em relação ao mercado global, é natural pensar que a mulher brasileira não soubesse usar maquiagem no início da década de 90, afinal, ela não foi incentivada a isso, certo?

A maquiagem foi até mais ou menos 20 anos atrás, artigo de luxo, acessível apenas para quem podia viajar para fora do país. Além disso, a indústria local oferecia opções muito restritas de produtos e, entre as consumidoras, o conhecimento sobre as makes limitava-se ao que era apresentado na TV.

Pensando agora na mídia tradicional, como rádio, televisão, revistas e jornais, que trouxe para a população informação e conhecimento sobre determinados assuntos. Além disso, as revistas tiveram papel fundamental na disseminação de conhecimento sobre maquiagem, inclusive, para ensinar a aplicá-la.

A maquiagem, como mercado aqui no Brasil, demorou muitos anos para se tornar popular entre as mulheres, mas hoje em dia tudo é muito diferente com as redes sociais e especialmente as blogueiras, ficou muito mais fácil de aprender maneiras simples de se maquiar, de conhecer produtos e suas funções.

O papel das redes sociais

Essa mudança da mentalidade da mulher brasileira em relação à maquiagem, se deu muito rápido quando as redes sociais já estavam inseridas em seu cotidiano. Desde as fotos no Instagram até os tutoriais de maquiagem em vídeos no Youtube e blogs de beleza… Todo esse conteúdo ampliou o conhecimento da brasileira não só de como aplicar a make, como também a qualidade e funcionalidade das marcas.

Além disso, cada vez mais a indústria tem percebido esse movimento e investido cada vez mais nas blogueiras. Elas que hoje ditam o que é tendência em moda e maquiagem por meio das redes sociais, fazendo com que a evolução das makes seja cada vez mais constante!