Viajar é bom e todo mundo gosta. Mas melhor que viajar, é viajar gastando pouco! E acredite: não existe milagre, é tudo questão de planejamento. Quer saber como? Confira as cinco dicas para economizar enquanto conhece lugares novos e incríveis!

1 – Viajar em baixa temporada é sinônimo de viajar gastando pouco

Se você tem mais flexibilidade no trabalho e pode escolher em qual período vai tirar suas férias, o ideal é escolher meses menos movimentados e evitar feriados, para viajar gastando realmente pouco!

Assim você tem mais chances de encontrar promoções de passagens aéreas, preços de hospedagem mais em conta e até negociar os valores de passeios. Além disso, você vai poder aproveitar os lugares sem aquele aglomerado de turistas e deixar o roteiro menos amarrado, já que corre menos riscos de encontrar transportes e hospedagens lotadas.

2 – Pesquise bastante

Parece clichê, mas é a mais pura verdade: conhecimento é poder, porque afinal, quanto mais você souber sobre o destino, mais vai poder otimizar seu tempo e economizar dinheiro quando chegar lá.

Nossa dica é: pesquise os melhores bairros pra se hospedar, as formas mais baratas de ir do aeroporto ou estação até seu local de hospedagem, dias ou horários em que as atrações são gratuitas, preços médios dos passeios que quer fazer, lugares para comer bem e barato, além de informações sobre a cultura local que podem evitar que você entre em roubadas.

3 – Se atente com as refeições

Um gasto que costuma pesar é a alimentação. É claro que não se deve passar a viagem inteira comendo fast foods, mas isso não significa que você precisa gastar muito em restaurantes caros ou o oposto disso: deixar de comer.

Uma dica é evitar lugares nas ruas principais de regiões mais turísticas, porque é lá que as coisas caras ficam. Se jogue nas barraquinhas de rua, mercados públicos e feirinhas. Também é interessante procurar hospedagens com cozinha compartilhada.

4 – Faça um seguro viagem

Esse item pode parecer estranho porque custa dinheiro, e nós estamos falando sobre viajar gastando pouco, mas pode acreditar: viajar, principalmente se for para o exterior, sem seguro viagem é arriscar ir à falência, especialmente no caso de países com sistema médico caríssimo, como Estados Unidos.

Veja com antecedência

Dependendo do cartão de crédito que você usar para comprar as passagens, pode ser que ele já ofereça um seguro, então é só você checar se as condições são suficientes pra você. Se não for o caso, você pode contratar um seguro viagem pela internet, pagando menos do que provavelmente imagina. Se precisar usar, vai perceber como vale a pena se prevenir. 

5 – Converse com os moradores locais

Certamente você já ouviu a frase “Quem tem boca vai a Roma”, não é mesmo? Uma boa pesquisa sobre o local não se limita à internet ou ao período pré-viagem. A melhor fonte de informação muitas vezes são as pessoas que moram no lugar, então quando estiver no destino, aproveite para bater papo com quem vive por lá.

Você pode conseguir dicas preciosas, como um restaurante com bom custo-benefício, uma atração gratuita que não está nos guias, algo que é propagandeado como um passeio incrível e na verdade não vale o seu dinheiro.