O pug é um cão de origem chinesa, levado a Europa pelos holandeses da famosa Companhia das Índias. Lá essa raça conquistou os nobres e foi adotado por diversas personalidades influentes da época, como o líder Napoleão Bonaparte.

Batizado pelos ingleses de Pug-Dog, que significa coisa diminuta, essa raça é tida como uma das mais desejadas aqui no Brasil. O interesse por esse cãozinho cresceu cerca de 50 vezes na busca do Google Brasil, isso somente entre 2006 e 2015. No cenário mundial, o pug está entre as 15 raças mais vendidas.

Personalidade

O pug é conhecido por ser uma companhia alegre, amorosa e dócil, porém escolhe uma das pessoas da casa pra ser sua favorita. Ele pode ser bem grudento com esse membro da família, perseguindo-o por todos os lugares, por isso é interessante ter alguns brinquedos para o cãozinho.

De começo, eles podem resmungar para estranhos, porém isso muda rapidamente, devido a sua necessidade de carinho e simpatia. Por esse motivo, não é um bom cão de guarda, já que ele não late nem pra desconhecidos. Excelente para crianças, os pugs são cachorros braquicefálicos, isto é, eles têm o focinho achatado, tendo o sistema respiratório comprimido. Desse modo, deve-se ter muito cuidado com a carga de exercícios e brincadeiras.

Características

É um cão de pequeno porte, pelos curtos e seu rabo em espiral é um charme. Pode medir cerca de 25 a 28 centímetros de altura, pesar entre 6 a 11 quilos e tem expectativa de vida entre 13 à 15 anos. Sua coloração varia entre abricó castanho, preta ou prata e costumam seguir o estilo de vida do dono, podendo ser calmo ou mais brincalhão.  Normalmente são cachorros bem comportados, porém é importante educá-los desde cedo para que ele não adquira maus hábitos.

Veja também: Quais são as raças de cães preferidas dos brasileiros?

Cuidados

Quando jovem, o pug é como qualquer filhote: rói tudo o que encontra pela frente. Porém na fase adulta, se educado, ele é bem tranquilo e cochila muito. Por ter pelos curtos, não há tantos cuidados nos banhos e escovação. Por soltar bastante pelo, é aconselhável escová-lo 3 vezes por semana. Após o banho, nunca o seque com intensidades altas de calor, pois o pug não suporta altas temperaturas.