Confira três dicas que irão te ajudar a se livrar do ronco de vez. Entre elas, a cirurgia do ronco 

Não tem coisa pior que ter dificuldades pra dormir, certo? Errado! Pior que isso, é não conseguir dormir porque está do lado de alguém que incorpora o motor de avião quando está adormecido. Brincadeiras à parte, nós reunimos três dicas que irão ajudar você (ou o seu parceiro de cama) a se livrar do ronco de vez! Confira:

Álcool e cigarro, nem pensar!

Quando uma pessoa toma bebida alcóolica, as paredes da faringe ficam mais relaxadas e flácidas, causando estreitamento da passagem livre em que o ar deve passar. O fumo também prejudica a circulação de oxigênio na garganta: ele incha os tecidos da faringe, dificultando a respiração.

Nariz limpinho, por favor.

Ao dormir com o nariz entupido, você abrirá um caminho para o ronco se instalar, até porque se o ar não puder passar pelo nariz, o outro caminho é o da boca, passando pelas cordas vocais. Sabe aquele primo que sofre de sinusite ou rinite e ronca de noite? Agora você entende o que acontece com ele!

Cirurgia do ronco

Indicada em casos graves de ronco e apneia do sono, a cirurgia do ronco é realizada na região da garganta, tendo como intuito aumentar o tamanho das vias aéreas para reduzir a vibração ocasionada pela passagem do ar. Neste procedimento, os tecidos em excesso da garganta são removidos, permitindo que o ar passe pela área de forma facilitada.